Altamira

Perisnotícia

Altamira-738206600-large

Em 1879, um arqueólogo amador, Marcelino Sanz de Sautuola (Antonio Banderas) e a sua filha de 8 anos, Maria, descubriram em Cantabria uma das mais importantes obras pré-históricos da história: as pinturas de Altamira. Longe de fornecer honra e glória, pela sua contribuição, a Igreja Católica confrontou-o, e teve de lidar com a indiferença e desprezo da comunidade científica da época. Apesar dos seus esforços para provar a veracidade da descoberta, Sautuola foi acusado de falsificação. Ao longo dos anos e vencido pelas evidências, Cartailhac assume um Mea Culpa ao publicar o texto de um cético, onde reconheceu a descoberta e sua importância global, mas já era tarde para voltar a repor a honra de Marcelino. Altamira é uma história de luta, coragem, paixão pela história, pela arte e pela defesa da verdade e da honra. (filmaffinity). Colaboramos com a figurinista Consolata Boyle.